Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O cantinho das princesas

Falarei um pouco de tudo, desde a minha paixão pela arte das unhas, pestanas e maquilhagem, à minha luta contra o peso meu dia-a-dia, não deixando ainda de partilhar as minhas obras primas com a ajuda da minha amiga bimby :)

O cantinho das princesas

Falarei um pouco de tudo, desde a minha paixão pela arte das unhas, pestanas e maquilhagem, à minha luta contra o peso meu dia-a-dia, não deixando ainda de partilhar as minhas obras primas com a ajuda da minha amiga bimby :)

Muçulmanos: dá que pensar

Quando uma mulher diz isto em pleno século XXI aqui:

 

“Se me considero uma feminista? Sim, talvez. Gosto de estar atrás do meu marido, mas eu sou o motor para que as coisas aconteçam. Fui eu que escolhi que fosse assim. Quero que ele fique com os créditos de tudo o que fazemos, mas sou a criadora silenciosa.”

 

É porque realmente algo de muito errado se passa com esta cultura.

Não me venham cá com coisas, porque para mim claramente estas mulheres pensam que mandam nas vidas delas mas não. É lhes imposto desde crianças que o homem é o ex-libris da humanidade e que elas apenas servem para os servir.

 

Quando é que vamos ter um mundo com iguais oportunidades para todos??

Escondidos atrás de um monitor

Ultimamente sinto que anda tudo a destilar veneno na internet... 90% das noticias que leio por aqui, sejam do que for existe pelo menos um comentário infeliz. Nas redes sociais exatamente a mesma coisa, ou por vezes até pior.

É muito fácil criticar tudo e todos quando estamos escondidos atrás de um monitor, é muito fácil descarregarmos as frustrações do nosso dia-a-dia em coisas pelos quais não somos responsabilizados, e que muito menos nos trazem consequências.

Agora pergunto eu, será que colocar um comentário menos simpático, por exemplo numa página de um jovem não irá trazer consequências menos felizes? Quantas pessoas sofrem de cyberbulling (sim queridos, o que andam a fazer é bulling!) e tomam decisões menos felizes por causa desses comentários?

Vamos parar de destilar veneno, ok? Já chega, descobriram a Internet, descobriram que podem fazer o que vos apetece na Internet, mas isso não vos dá o direito de magoarem os outros por inveja, por falta de terem a vida que desejavam ou simplesmente porque são pessoas más.