Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O cantinho das princesas

Falarei um pouco de tudo, desde a minha paixão pela arte das unhas, pestanas e maquilhagem, à minha luta contra o peso meu dia-a-dia, não deixando ainda de partilhar as minhas obras primas com a ajuda da minha amiga bimby :)

O cantinho das princesas

Falarei um pouco de tudo, desde a minha paixão pela arte das unhas, pestanas e maquilhagem, à minha luta contra o peso meu dia-a-dia, não deixando ainda de partilhar as minhas obras primas com a ajuda da minha amiga bimby :)

Rebentou a bolha (finalmente)

Estou ligeiramente dentro deste tema HDS - Bloco operatório e sei bem a dificuldade que as equipas enfrentam para garantirem as melhores condições para os doentes. Por vezes, é certo, há alguma falta de vontade dos médicos, mas também sei que há mais de 1 ano e meio que esperamos pela autorização para as obras finalmente arrancarem. 

Estamos a falar de um bloco operatório não garantir (sempre) as condições minimas de segurança para os utentes, não de um capricho de querer partir meia dúzia de paredes pintadas de outras cores e feitios...

Espero que seja desta, um bem haja aos profissionais que colocaram (tentam) um ponto final nesta situação, eu estou convosco!

 

Nota: Todas as operações realizadas no bloco do hospital, são realizadas apenas quando existem condições para tal. 

Todos podemos ser David

Não conheço o David mas conheço a mãe dele, a minha mãe trabalhou muitos anos com ela.

O David tinha 29 anos, a idade do meu primo... O David tinha se "juntado" com a namorada três dias antes de se ter sentido mal...

O David deu entrada no Hospital de Santarém (o meu irmão, M, também), e foi transferido para São José, tal e qual o meu M... O M teve sorte, o acidente foi durante a semana o David não. Só eu é que acho que neste país só se resolve algo no fim das tragédias? Foi preciso a morte de um jovem de 29 anos para haver solução e passar a haver equipas médicas?

No facebook argumentei com uma amiga, que para ela a culpa era daqueles médicos que não quiseram lá ir, que as pessoas têm as suas vidas e as suas famílias. Claramente que a culpa aqui foi da administração do centro hospitalar que não garantiu àquele jovem ser assistido porque precisou dos cuidados durante o fim-de-semana.

 

Só consigo colocar-me na pele da mãe, irmão e namorada do David... Não consigo imaginar esta dor, e estive tão perto dela à pouco mais de um mês, mas felizmente no nosso caso o anjo da guarda do M esteve com ele...

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Redes sociais

Blogs de Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D