Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O cantinho das princesas

Falarei um pouco de tudo, desde a minha paixão pela arte das unhas, pestanas e maquilhagem, à minha luta contra o peso meu dia-a-dia, não deixando ainda de partilhar as minhas obras primas com a ajuda da minha amiga bimby :)

O cantinho das princesas

Falarei um pouco de tudo, desde a minha paixão pela arte das unhas, pestanas e maquilhagem, à minha luta contra o peso meu dia-a-dia, não deixando ainda de partilhar as minhas obras primas com a ajuda da minha amiga bimby :)

rápidas

O sr. Secretário de estado recusou a minha contratação, segundo ele só podem contratar quem preste cuidados de saúde diretos (só acho graça que três pessoas cujo pedido foi feito na minha altura foram contratados maaaas isso é outra história, não sou filha de nenhuma médica)

 

Não vou ser despedida, mas continuo na mesma situação, ganhar mal e por temporárias

 

Fomos ver várias casas para comprar, a que adorei tem um casal há frente, resta saber se o crédito deles é aceite ou não...

 

Ando revoltada com o meu corpo, senão for desta acho que nunca mais é

 

Passei a ultima semana toda a chorar

 

Continuo a enviar curriculos para ver se me piro daqui, mas zero respostas... O meu curriculo deve ter algum grande erro só pode...

 

 

Muçulmanos: dá que pensar

Quando uma mulher diz isto em pleno século XXI aqui:

 

“Se me considero uma feminista? Sim, talvez. Gosto de estar atrás do meu marido, mas eu sou o motor para que as coisas aconteçam. Fui eu que escolhi que fosse assim. Quero que ele fique com os créditos de tudo o que fazemos, mas sou a criadora silenciosa.”

 

É porque realmente algo de muito errado se passa com esta cultura.

Não me venham cá com coisas, porque para mim claramente estas mulheres pensam que mandam nas vidas delas mas não. É lhes imposto desde crianças que o homem é o ex-libris da humanidade e que elas apenas servem para os servir.

 

Quando é que vamos ter um mundo com iguais oportunidades para todos??

Farta

Sabes que estás farta do teu trabalho quando dás por ti a enviar dezenas de curriculos em horário laboral

Sabes que estás farta do teu trabalho quando não te sentes útil,

Sabes que estás farta do teu trabalho quando sentes que estagnaste no patamar mais baixo de uma carreira patética,

Sabes que estás farta do teu trabalho quando o teu chefe de afasta de reuniões que poderiam ser super importantíssimas para evoluires como profissional.

 

 

Dito isto, só gostava de ser chamada a  uma única entrevista... Mas como o A diz, és uma mulher engenheira, talvez se no curriculo mudares o nome para um masculino te chamem.

 

 

Idade ideal para a maternidade?

Algo se passa com o A, juro que deve ter feito asneira da grande...

 

Passo a explicar... O A, odeia crianças, o A odeia pensar em ser pai, para o A ter um filho era um acidente, para o A antes dos 30 ter um filho era arruinar a vida...

Acontece que, derrepente o A diz que quer um filho...

Isto já me faz lembrar quando não queria casar e depois pediu-me em casamento (embora no fundo eu sei que ele não quer casar, mas eu também não, por isso estamos bem)... Mas uma criança não pode ser posta no mundo com indecisões...

 

Agora sou eu que fico a pensar...

Não serei nova demais para ser mãe? Só tenho 25 anos (a minha mãe com esta idade já tinha o segundo a caminho)!

Não deverei esperar até ter uma casa própria, e aí sim levar o meu filho para a verdadeira casa dele?

Não deverei aproveitar e continuar a ser egoista enquanto posso?

 

Contudo, o instinto maternal aperta :/ Sempre me vi a ser mãe, é o meu sonho desde sempre... 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Redes sociais

Blogs de Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D