Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O cantinho das princesas

Falarei um pouco de tudo, desde a minha paixão pela arte das unhas, pestanas e maquilhagem, à minha luta contra o peso meu dia-a-dia, não deixando ainda de partilhar as minhas obras primas com a ajuda da minha amiga bimby :)

O cantinho das princesas

Falarei um pouco de tudo, desde a minha paixão pela arte das unhas, pestanas e maquilhagem, à minha luta contra o peso meu dia-a-dia, não deixando ainda de partilhar as minhas obras primas com a ajuda da minha amiga bimby :)

Exausta

Não tenho tido tempo para nada desde que o meu irmão está no hospital, já não tinha antes, mas agora está pior...

A casa coitada há duas semanas que não vê limpezas, e eu desespero por não conseguir ter tempo para tudo...

Hoje vim trabalhar mesmo naquele ponto de exaustão que se me encostar acho que ferro a dormir...

Basicamente, deve ser isto a vida de quem tem filhos não?! Decididamente não estou preparada, e acho que nunca vou estar :/ 

 

Horas de sono precisam-se!!!

Estamos no bom caminho

Ontém falei com a Enfª do meu irmão e está tudo a melhorar, já está a sarar, está a ficar com melhor aspecto portanto estou feliz :D

 

Entretanto às  22horas manda-me ele uma sms que me fez soltar umas valentes gargalhadas:

"Amanhã vou beber café com uma enfermeira, à máquina" 

 

Só quem tem irmãos é que sabe o que é amar assim, não há amor igual ao de irmão :) Faz-me sofrer? Faz! Mas também é uma das riquesas da minha vida...

Ser forte por tempo indeterminado

Quando se trabalha num hospital e recebemos uma chamada inesperada de um familiar, já por si faz-nos logo pensar no pior... Quando é o nosso irmão ainda pior.

 

Quinta-feira, dia 19 de Novembro, 11horas. O telemóvel toca, chamada do meu irmão. Atendo: 

- Diz

- Faz a minha inscrição nas urgências, estou a caminho daí;

- O que aconteceu?

- Queimei-me numa perna...

 

... Respiramos fundo, tentamos não entrar em pânico... Afinal não há-de ser nada de grave... Embora ele nunca venha ao hospital

- Ok, vou agora...

 

Faço a inscrição a tremer... Vou para a porta da urgência... Os minutos parecem horas... Nunca mais chega... Volto a ligar:

- Ainda demoras?

- Estou quase, não digas nada à mãe.- Com a voz em sofrimento...

 

Chamam-no para a triagem e ele ainda não chegou, falo com o segurança. Volto para a porta...

Tenho de contar à minha mãe, ela não pode ficar na ignorância... Ligo primeiro ao meu namorado, para tentar me acalmar antes de falar com ela... Acalmo-me um pouco, desligo, e faço a chamada...

Conto à minha mãe com toda a calma, tento acalmá-la... Ela chora... Tranquilizo-a e digo-lhe que já lhe volto a ligar quando ele chegar....

 

Ele chega... Olho para a perna, ok está bastante queimada mas podia ser pior... Ele vira-se e segue à minha frente... FODA-SE... A perna tá toda queimada...

Mando-o para a triagem, o enfermeiro encaminha-o para a pequena cirurgia... Eu espero à porta por tempo indeterminado... Ligo à minha mãe... Minto-lhe, digo que a perna não está assim tão má sem prever o que ai vinha...

Ela liga a ele e fica a saber que ele vai para Lisboa, São José... Unidade de queimados...

Ela liga-me e diz-me... E eu ali, ao lado da porta sem saber de nada...

 

Não há minuto que não reveja tudo isto na minha cabeça. Desde dia 19 que a minha vida é Hospital de S. José,saio do trabalho e vou directa... Ontém parecia que o pesadelo estava a acabar, ficámos confiantes que esta semana vinha para aqui... Brincámos um com o outro... Ri-mos... Hoje choramos... Pelo menos mais duas semanas lá... Quando acaba o pesadelo? Quando é que vou conseguir respirar de alívio? Só quero o meu mano mais pequeno em casa... bom... sem nada queimado... Pensamos que é um milagre ser só uma perna... Mas é o raio de uma perna! E se infecta? E senão sara? E se fica com a perna aleijada? Ele tem 20 anos merda!

 

Respirar fundo, "engolir" as lágrimas... Coração partido por hoje não conseguir lá ir... Só queria poder estar com ele...

 

Um desabafo... 

Dia cinzento

Desde ontém que as discuções não param, e o pior para mim é ele nem um pedido de desculpa... E ainda me pergunta porque é que tem de pedir desculpa... Vamos enumerar:

  • Desculpa por te colocar nesta situação;
  • Desculpa por ser um bebé gigante;
  • Desculpa por ser um irresponsável de primeira;
  • Desculpa por não ter pago em primeira instância, no tempo devido as portagens;
  • Desculpa por não aprender com os meus erros;
  • Desculpa por não aprender com os erros dos meus pais;
  • Desculpa por te fazer infeliz
  • ...

Ena a lista é interminável...

 

Para tudo melhorar, ao contrário do que me foi prometido quando me fizeram a proposta para ficar aqui a trabalhar, não tenho nada para fazer... Contínuo à espera que alguém se lembre da minha presença e que me estão a pagar um ordenado... SIM porque eu quero mesmo trabalhar!

 

No meio de toda esta avalanche teve uma coisa boa... Ontém no fim da noite, quando me sentia sufocada com tudo isto e após chorar largos mínutos, precisa de falar com alguém, com A alguém... Ela sempre foi o meu pilar, sempre foi a minha conselheira, sempre me fez ver as coisas como ninguém o faz sem julgamentos... Falei com Ela, explodi e do nada enviei-lhe um mega testamento pelo messenger (ela está em UK), e mais uma vez ela esteve cá para mim... Além disto que se passa com o A, disse-lhe também o quanto me senti excluída e mal quando recebi a notícia que ela ia ter bebé através do facebook... Senti-me tão melhor. Sinto-me sempre melhor.

 

Quando é que começo a ter uma vida normal e calma? Quando é que começo a ser feliz? Será que não mereço?

Ponto ruptura

É como me sinto, n planos para um futuro e começo a ver que não há futuro junto dele, pelo menos não o futuro que quero...

 

Mais uma suposta dívida das finanças... Porque eu? Eu que nunca devi nada a ninguém, eu que pago tudo assim que uma fatura chega seja do que for? Eu que tenho dois trabalhos para manter a vida que quero... Porquê?! Porque é que alguém passa na merd* de uma portagem e não a paga?!

 

Estou farta, farta de pagar dívidas que não são minhas, farta de me aparecer todos os meses surpresas... O dinheiro que já lhe dei para pagar dívidas, sim porque são mesmo dívidas, já dava para quase mobilar o resto que falta da casa....

 

 

O prazo que lhe dei está a acabar... Se dia 31/12/2015 as coisas assim continuarem eu faço as minhas malas e volto para onde vim...

Por mais que o ame, amo-me mais a mim...

 

Livro: Grey (50 sombras de Grey)

Estou a 1/3 da leitura do novo livro da trilogia (que agora é contada pela versão dele) das 50 sombras de grey e estou a gostar bem mais do que pensava. 

Apenas acho é que realmente é díficil sabermos realmente se um homem sentiria as coisas da forma apresentada no livro, não podemos esquecer que a autora é uma mulher e fico na dúvida da veracidade das coisas. Qualquer dia faço o homem ler uma ou duas páginas para ele me dizer se é assim ou não :P

 

Meanwhile nota bastante positiva, porque embora a história seja a mesma consegue prender-me tal e qual o primeiro livro (na visão dela) o fez.

 

 

Morder a língua - vida de mulher

Bem hoje de manhã estava naqueles dias: vou calçar uns saltos altos.. Como mulher prevenida vale por duas, as sabrinas vieram à mesma dentro de um saquinho para SOS...

 

Tive grande parte da manhã com os sapatos altos, e como me ligaram do aprovisiosamento resolvi trocar o modelito pelas sabrinas... Quando chego lá sinto basicamente aquele ninho de cobras a olharem me de cima a baixo e a morderem o raio da língua!

Mas esta gente não tem trabalho a fazer em vez de andarem a ver o que as pessoas trazem vestido e calçado???!!!

 

Tirei eu engenharia para me livrar disto (mulheres) e vim calhar precisamente onde não queria... 

 

Isto quase que merece que um dia venha mesmo em grande só para andarem a morder --' 

 

Esta semana não está nada fácil de lidar com o mulherio... Uma diz me indirectamente que devia "me vestir melhor" só porque não ando com saias que se podem confundir com cintos como ela??? Ou porque tenho 24 anos, não preciso de maquilhagem para esconder os quase 40 anos dela?! (eu adoro maquilhagem, não me interpretem mal... mas não vou acordar meia hora mais cedo para vir em modo boneca).... 

Começo a ficar farta de tanta opinião e de tanta mesquinhez... Cada um veste-se como quer e pode ou não? Respeitando claro a instituição onde se trabalha...

 

content_2552011-180319-mulheres.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Redes sociais

Blogs de Portugal

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D